Notícia

Redutores IBR

Conheça um pouco mais sobre as engrenagens

NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS

Conheça um pouco mais sobre as engrenagens

As engrenagens

As engrenagens são rodas ou cilindros dentados que estão presentes em quase todos os sistemas que possam transmitir potência de um eixo a outro, aumentando ou reduzindo variáveis da transmissão, como por exemplo a rotação, a velocidade angular e o torque. A transmissão de movimento rotativo de um eixo para outro ocorre em quase todas as máquinas e equipamentos que se possa imaginar, a fim de solucionar problemas de transporte, impulsão, elevação e movimento.

Por meio da combinação de engrenagens de diferentes características, é possível transmitir movimentos e ampliar ou reduzir forças. Ou seja, um motor girando muito rápido pode fornecer grande energia para o conjunto, mas não torque suficiente. Com uma modificação ou redução da engrenagem, a velocidade pode ser regulada e a força equilibrada. E essa é exatamente a função dos redutores de velocidade! Ou seja, através de uma combinação de engrenagens montadas no interior de uma caixa fechada e lubrificada, eles reduzem a rotação e amplificam o torque.

A história das engrenagens

A engrenagem é, talvez, o elemento de máquina mais antigo criado pela humanidade. Provavelmente, as primeiras engrenagens foram feitas de forma rudimentar, com pedaços de madeiras e outros materiais fáceis de serem trabalhados. Seus primeiros registros históricos datam por volta de 1000 a.c., ainda na idade antiga, quando a engrenagem surge como elemento da engenharia das civilizações. As primeiras descrições escritas sobre engrenagens foram feitas por Aristóteles, no século 4 a.c. Ele mencionou elementos como parafuso sem-fim e coroa em seus escritos.

Durante a idade média, na era romana, as engrenagens já eram usadas em moinhos de vento, moinhos de água, pré-tensão de catapultas, para içar âncoras de navios, entre outras utilizações. Foi nessa época que as engrenagens passaram a ser efetivamente usadas como redutoras de velocidade.

Durante o século XV, Leonardo da Vinci criou esboços de vários projetos usando engrenagens e sugeriu um uso mais amplo, destas, em máquinas. Esses desenhos e esquemas dos mecanismos de engrenagens cilíndricas de dentes retos, cônicas, parafusos sem-fim e coroa são utilizados, diariamente, até hoje. Entretanto foi apenas na revolução industrial, com a invenção da primeira máquina ferramenta para fabricação de engrenagens, que foi possível obter dentes com maior precisão e o uso das engrenagens aumentou expressivamente.

Fontes:

http://www.resumosetrabalhos.com.br/engrenagens_1.html#document_content

http://www.rtc.net.br/um-resumo-da-historia/

http://icmengenharia.blogspot.com.br/2014/07/voce-sabia-engrenagens.html

 

A Redutores IBR possui redutores com diversos tipos de engrenagens em sua composição, como por exemplo engrenagens helicoidais, engrenagens cônicas e engrenagens do tipo coroa e rosca sem-fim. Entre em contato conosco para verificar qual é o tipo de redutor mais indicado para a sua aplicação!

#Tecnologia #redutores

Cometários